Queijo e bioquímica: moléculas, tipos de vacas, intestino, caseínas e casomorfina dos derivados.

- 🧀 O parmesão é considerado um dos melhores queijos do mundo. Lisozima é uma enzima extraída da clara do ovo e é geralmente utilizada como conservante em queijos de longa maturação, como Queijo Parmesão.

- 🇮🇹 De origem Italiana, o parmesão é feito de leite de vaca coletado após a ordenha e é parcialmente desnatado pela gravidade.

- 🐄 Lembro aqui que as vacas holandesas e vacas Zebu são os dois principais tipos de vacas e estão diretamente ligadas na qualidade leite que vai interferir no peso molecular do trato intestinal.

- 🥛No Brasil, a maioria das vacas são holandesas. O leite dessas vacas tem 4 vezes mais molécula caseína do que a do leite materno, que é ingerido apenas na fase infantil. Eu explico sobre isso na sequência.

- 💵 As holandesas são as mais “interessantes” aos produtores, visto a quantidade de leite ser muito superior aos das vacas Zebu, vacas mais frequentes entre os produtores de países europeus. Deve ser por isso que os europeus engordam menos que nós, americanos do sul.

- 🔬O leite e seus derivados contém um peso molecular muito acima do que o nosso intestino consegue suportar. Na bioquímica, moléculas do alimento e algumas enzimas e estruturas histológicas do intestino são incompatíveis.

- 🍕 Como exemplo, eu cito a caseína contida no leite e a casomorfina contida nos queijos, que inclusive é bem mais viciante. Lembrou-se pizza? Queijo quente?

- 🧠 Nosso intestino tem uma membrana, um biofilme, que vai sendo perfurado com alimentos acima de 100 mil daltons. Os leites de vacas holandesa, por exemplo, ultrapassam 150 mil daltons.

- 💩 E qual a consequência disso, Álex?

É que o alto consumo e ingesta recorrente de alimentos com maior peso molecular faz com que aconteça uma hiper-permeabilidade intestinal, o que causa brechas nas vilosidades do intestino e consequentemente faz com que o sangue receba micotoxinas originadas do trato intestinal “poluído” com alimentos ruins e até contamização do sangue pelo bolo fecal. (Assista meu vídeo e podcast sobre disbiose intestinal).

- 🥗 É importante reforçar o consumo diário dos naturais, dos verdes, de leguminosas e oleaginosas (castanhas). Suco verde, coco e outros alimentos de origem vegetal sempre serão ricos do ponto de vista molecular, além de altamente compatíveis com nossa fisiologia.

- 🧀 Mesmo assim quer experimentar queijo? Escolha o parmesão, mas aprecie com moderação. Sua célula agradece ; )

- ❤️🙏🧠 Saúde, paz e bem.

Com carinho,

🙋🏻‍♂️ Álex

https://alexcavalcante.com.br/links

Empresário, fundador e CEO do Grupo PRODUZA, publicitário, multiartista, neuropsicobiomédico clínico da saúde.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store