Eneagrama e empreendedorismo: o uso da teoria das personalidades no mundo corporativo.

É inegável que o uso da ciência, seja na vida pessoal, na vida das pessoas, traz seus benefícios, inclusive converte morte em vida, doença em saúde… Mas, também pode ser aplicada nas áreas que a gente menos imagina, como, por exemplo, no mercado de trabalho, na carreira, na profissão. E uma dessas teorias que tem despertado o meu conhecimento nos últimos anos, há mais de uma década, é o Eneagrama das Personalidades.

Objeto do meu estudo, aquilo que eu tenho aplicado na nossa metodologia e eu gostaria de compartilhar com você as principais informações acerca desta teoria das personalidades, uma das tantas teorias existentes. E porque o Eneagrama tem se tornado, ao longo dos anos, a dizer, ao longo dos séculos, desde a sua descoberta, uma das ferramentas mais importantes na detecção das personalidades e suas motivações, as suas questões mais íntimas, envolvendo o pensar, o sentir e o fazer.

O Eneagrama na prática: o que é e para que serve

E como que o Eneagrama, com toda essa dinâmica de racionais, instintivos e emocionais, pode ajudar no complexo corporativo, de uma empresa, de uma marca que procura, de fato, diferencial competitivo com os seus colaboradores, líderes e gestores?

A grande diferença está na percepção das forças e fraquezas envolvidas nos cargos através dessas pessoas. Quando falamos de Eneagrama, é dos tipos de Eneagrama que estamos nos referindo, ou dos eneatipos, como é típico de se falar; e isso pode ser usado nas contratações e nas definições dos cargos, de acordo com cada personalidade de colaborador e de suas características singulares.

Os tipos de personalidade segundo o Eneagrama

Confira, a seguir, um pouco sobre cada tipo de personalidade segundo o Eneagrama:

  • O tipo 1: quando eu me refiro ao tipo 1, por exemplo, nós estamos falando de uma personalidade em que o certo e o errado são considerados de uma forma muito efetiva. O tipo 1 tem uma visão de mundo em que tudo é preto ou branco. No mundo corporativo, ele tem uma percepção de que o empreendedorismo é visto de um jeito certo ou errado. Os meio-termos não são bem aceitos pelo tipo 1;
  • O tipo 2: nesse tipo, o foco está em ajudar aqueles que precisam, os que necessitam de um conhecimento ou necessitam de uma ajuda, esse é o famoso tipo ajudador. O tipo 1 é o Reformista, e o tipo 2 é o Ajudante;
  • O tipo 3: tem uma característica de ser o que valoriza a imagem. O quesito imagem, a aparência das coisas é muito importante para ele. Logo, é considerado no Eneagrama como o perfil chamado de o realizador. Realizar, fazer acontecer, isso é uma característica nobre do tipo 3. E, dependendo dos níveis de saúde emocional, cada tipo vai demonstrando as suas forças e as suas fraquezas;
  • O tipo 4: agora vamos falar um pouco do tipo 4, que tem uma tendência de ser o Individualista, é considerado com esse nome não porque é egoísta, mas porque tem uma característica de personalidade muito forte. É alguém que copia pouco, que produz mais, cria bastante e não gosta de ser igual a maioria. Os tipos 4 têm uma personalidade forte e são autênticos, em algumas nomenclaturas do Eneagrama, ele é considerado como o Autêntico;
  • O tipo 5: já o tipo 5 tem uma característica menos artística e é considerado o que procura ser sempre mestre nas suas questões. Esse perfil tem uma tendência de observar e questionar de tal forma que consegue ganhar grandes proveitos através do seu objeto de estudo. São características diferentes da maioria das pessoas, enquanto alguns são mais sociáveis, o tipo 5 prefere se reservar no seu canto e ali ele consegue marcar esse encontro com ele mesmo e fazer uma análise de si e do mundo;
  • Tipo 6: outro tipo muito interessante, bastante comum e presente e principalmente nos gêneros femininos é o tipo 6. Homens e mulheres do tipo 6 são considerados os Leais. São pessoas cuja vida é feita de uma análise sob risco, separando as pessoas naquelas em que podem ou não confiar. São pessoas confiáveis e desconfiadas, mas, quando em baixa saúde emocional, produzem desrealidades. O tipo 6 tem uma conotação muito interessante acerca da fidelidade, é o tipo mais fiel que se pode se encontrar no Eneagrama. Eu sempre digo que se você quiser um sócio, o tipo 6 é uma excelente parceria para complementar a sua personalidade, desde que você não seja o 6 também. Pois esse tipo gosta de se apoiar em pessoas mais corajosas, mais ousadas, desde que os pés estejam fincados no chão com segurança;
  • Tipo 7: o tipo sete do Eneagrama é o dito entusiasta. Uma figura muito rara, ao mesmo tempo, muito comum, já que nós estamos no Brasil, que é um celeiro de tipos 7 e 6. Isso porque, no nosso país, nós produzimos criatividade, entusiasmo, festa, alegria, e o tipo 7 gosta disto. Ele relaciona-se com vínculos intensos, e a visão de mundo do tipo 7 é o prazer. Quando nós temos essa aplicação dentro do universo corporativo, pode-se ganhar muito com esse tipo, ao mesmo tempo que você pode perder se ele estiver no cargo errado. É um bom visionário, mas é alguém difícil de concluir tarefas quando está em excesso de criatividades ou excesso de construção de conteúdos. O tipo 7 é muito presente em determinadas empresas que trabalham com aspecto social, relacionamento e criatividade, mas pode se perder facilmente em multitarefas. Por isso, precisa ser gerenciado ou autogerenciado;
  • Tipo 8: outra característica é o tipo 8, conhecido como um confrontador, é um tipo líder, é forte dentro da coluna do tema sensibilidade, mas demonstra na força a sua capacidade de liderar e de controlar. São durões e têm uma forma muito direta de se relacionar, mas são pessoas que em alta saúde emocional são amáveis, complacentes, protetoras e conseguem produzir uma sensação de bem-estar. A visão de mundo do tipo 8 é que o mundo é feito de fortes e fracos. Enquanto, para o tipo 7, o mundo é feito de criatividade, aqueles que vivem com prazer e vivem sem prazer, ou seja, os felizes e os infelizes no tipo 7, o 8 já tem uma visão mais focada de que as empresas são fortes ou são fracas;
  • Tipo 9: o tipo 9 do Eneagrama, fechando aí os nossos tipos. O tipo 9 tem uma característica de ser o tipo Pacificador. Ele é aquele que está sempre apaziguando as pessoas, está sempre trazendo as pessoas para um momento de paz, de estar sempre presente, pois evita todo e qualquer tipo de conflito. O tipo 9 é confiável, é uma pessoa que você pode falar e ele vai te ouvir. Esse perfil é a pura paz, pra ele o mundo é feito de guerra e paz. Os vínculos construídos com o tipo 9 geralmente duram anos, são pessoas em que estão ausentes o narcisismo ou de um ego um pouco mais aflorado, porque o ego existe, ele está em todos nós, mas o 9 tem uma tendência de transferir a sensação de ego para outras pessoas. Muito similar ao tipo 2, em alta saúde emocional também.

Considerar o Eneagrama nos níveis de saúde emocional é fundamental para entendermos quem vai fazer o que no universo corporativo. Sabendo de antemão os estilos de personalidade, é possível definir melhor no processo seletivo quem é que vai ter uma tendência mais empreendedora. Assim, com esse conhecimento científico os líderes conseguem saber muito bem quem irão colocar para fazer os atendimentos ou quem vai fazer um serviço mais administrativo.

Afinal, há pessoas com tendências mais para venda e relacionamentos. Outras, são melhores para administrar, organizar. Se você considerar isto, o Eneagrama pode ser uma excelente ferramenta para você utilizar na sua empresa, nos seus negócios.

E você que é profissional, vai entender também que há 9 tipos de saúde emocional, desses 9 níveis de personalidade. São tipos de personalidade que contribuem através dos seus níveis de saúde. Uma empresa que tem esses conhecimentos certamente ganha competitividade e sai na frente nas questões dos seus interesses — assim como os profissionais que praticam o autoconhecimento e entendem mais a fundo os estilos dos seus líderes e/ou clientes.

Vamos em frente? Juntos somos mais!

Álex Cavalcante é Neuropsico Biomédico e Psicanalista Clínico. Além de atuar como pesquisador em neurociência e medicina integrativa, é CEO e Diretor Executivo de Planejamento e Criação do Grupo PRODUZA. Possui formação em Psicanálise Clínica pelo IBPC de Campinas (Instituto Brasileiro de Psicanálise Clínica), é Mestre em Psicologia Clínica da Saúde na Universidad Europea del Atlántico — Espanha; formado em Psicologia Clínica pela Universidade Estácio, com pós-graduação em Neurociência e Comportamento pela PUC-RS; e um MBA em Administração de Negócios na Comunicação & Propaganda Publicitária na Faculdade de Curitiba. É membro associado ao SBNp — Sociedade Brasileira de Neuropsicologia, e especializado no Eneagrama da Personalidade, comportamento e espiritualidade.

Empresário, fundador e CEO do Grupo PRODUZA, publicitário, multiartista, neuropsicobiomédico clínico da saúde.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store